Pular para o conteúdo principal

Conselho de Ética no Senado?

   Quando se fala em ética vem logo na mente a maneira mais limpa de alguém se portar em um ambiente social. Quando se fala em conselho de ética remete-nos a um órgão que julgará alguém que não se comportou conforme a ética. Até aí, tudo bem.
   Dentro dessa linha de raciocínio, natural a todos nós, acredito, reles mortais, não poderia deixar passar em branco de elogiar a "postura firme" que os senadores da República LOBÃO FILHO, GIM ARGELLO, CIRO NOGUEIRA, RENAM CALHEIROS e ROMERO JUCÁ, representantes dos interesses dos Estados na Federação, por haverem se portado da forma mais "ética possível" quando se negaram a presidir o Conselho de Ética para  apurar o comportamento do senador Demóstenes Torres (DEM-GO) diante do possível envolvimento do mesmo com o contraventor Carlinhos Cachoeira. Um por um, nessa sequencia, abdicou do direito de julgar um "colega".
   Muita gente deve estar se perguntando o motivo de ter dado ênfase positiva a esse fato e eu lhes respondo devolvendo uma outra pergunta: será que esses cinco senadores teriam qualidades éticas para apurar qualquer coisa relacionada a ética? Se você respondeu que sim, qual o motivo deles haverem declinado tão sublime missão? Se respondeu que não, corrobora com a minha opinião de que eles agiram de forma ética ao assumirem publicamente não terem ética para julgar.
   A culpa é deles? Em parte sim. E na quase totalidade é nossa quando votamos nesses carentes de qualidades morais para nos representar e também aos Estados. 
   O Estado do Maranhão é contumaz em eleger gente desse naipe: Lobão (pai), Roseana Sarney e outros tantos que nem precisamos lembrar, não é mesmo, senador Sarney?
   Romero Jucá, líder do governo até pouco tempo, é outro que a população de Roraima tem que averiguar mais de perto. Renam Calheiros! Esse nem precisa enaltecer suas "qualidades". O Estado das Alagoas é um devedor por excelência ao Brasil quando o elege por várias vezes e ainda manda o Collor de lambuja. O Distrito Federal por si só já diz tudo: Roriz, Agnelo, Arruda e agora o Gim. Falando em Gim, até a bebida é ruim. O pobre do Estado do Piauí já incorporou esse qualificativo exatamente por enriquecer as mãos santas de uns poucos e empobrecer cada vez mais o resto.
   Fique de olho, faça a sua parte. Lembre-se desses camaradas, dos seus partidos e de suas "obras" no senado, para dar-lhes outra oportunidade de aprenderem ética: voltar para a escola e para o seio familiar. No Senado não.


Lobão Filho - PMDB-MA

Gim Argello - PTB-DF
Ciro Nogueira - PP-PI


Renam Calheiros - PMDB-AL

Romero Jucá - PMDB-RR

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Academia Maranhense de Letras - sucursal Barra do Corda

Enquanto Barueri alcança o ápice dos municípios brasileiros com melhores condições de vida, com muita tristeza relatamos um fato que causa vergonha, porque não dizer, indignação, pois se trata da condição em que se encontra atualmente uma escola municipal no Povoado Olho D´Água dos Crispianos, em Barra do Corda, Estado do Maranhão. Falamos apenas da condição física do prédio, imagine as condições pedagógicas!   A localidade fica distante cerca de 15 km da sede do município. O colégio funciona dentro de uma pastagem e as aulas são ministradas ao lado de animais que vão fazer sua refeição no local. Suspeita-se que o município de Barra do Corda receba recursos do Ministério da Educação. O prefeito Manoel Mariano de Sousa, o Nenzim (PV), é acusado pela Polícia Federal de desviar R$ 50 milhões dos cofres da cidade.   Com certeza a prefeitura não gastaria muita coisa para dar dignidade ao professor e aos alunos que talvez freqüente esse lugar. Se o fazem, são verdadeiros heróis.   A ind…

Cracolândia, pode?

Cracolandia! Você já ouviu falar nessa palavra, que em princípio pode até soar bem no ouvido de alguns que colocam o nome de seus filhos como Maurilândia, Orlândia? Já ouviu falar em algum nome assim? Eu ouvi. Afinal, sou nordestino!
   Pois é, esse maldito nome vem da junção de “crack” , que não é o caso do atleta acima do normal, não, é a droga mesmo, aquela produzida com a mistura da pior parte da cocaína com bicarbonato de sódio e do sufixo “landia”, que quer dizer cidade, portanto, o significado será “cidade do crack”. Tem coisa pior do que isso? Pois bem esse lugar existe e fica aqui no centro da bela cidade que encanta e desencanta a todos nós: SAMPA. Sabe onde fica Sampa? Caetano Veloso sabe! Pergunte a ele. No cruzamento da São João com a Ipiranga é só seguir o rumo que quiser que você verá a cena mais horripilante que se pode imaginar. Nem Virgílio levaria Dante a lugar de tamanho horror. Acredito que as drogas produzidas na Velha Bota de 1300 d. c. não produziriam taman…

RUA JOSÉ PAULINO

A rua José Paulino na cidade de São Paulo é um centro comercial e também um consultório terapêutico a céu aberto.    A mulherada quando se encontra deprimida, angustiada, com problema no trabalho, no lar, com o marido, filhos, gordura, na aparência, encontra na rua Zé Paulino uma terapia com efeitos imediatos.    Entre as estações Júlio Prestes e Luz, a rua José Paulino, no bairro do Bom Retiro, mais conhecida como “Zé Paulino” é um paraíso para mulheres.    Um sobe e desce de mulheres de todos os tipos: bonitas, feias, altas, gordas, anoréxicas, asiáticas, negras, brancas, índias (bolivianas), enfim, todas elas se encontram por lá.     Mas não seria um desencontro?     No interior das lojas, uma toma da outra a roupa que afirma ter visto primeiro; outra fala que a peça que a fulana segura na mão já havia sido separada pra ela; outra ainda mais aponta defeito em peças da amiga e quando esta larga a peça, sonho de consumo das duas, aquela segura firme a vestimenta e corre ao caixa …