Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

DIA DA BANDEIRA NACIONAL

Hoje é dia da Bandeira Nacional. Vou direto ao assunto para não dar uma de “Rolando Lero”. A Bandeira Nacional, símbolo maior da nação, deve ser preservada e amada, principalmente da forma como aprendemos nas Escolas da época em que eu e outros tantos estudávamos nos anos 60 e 70 em Balsas-MA. Em todos os Colégios, tais como a Escola Normal Dom Daniel Comboni, Seminário São Pio X, Ginásio Balsense, Maria Justina Serrão, Luiz Rego, Didácio Santos (PETECA), Escola Técnica, Educandário Coelho Neto e outros, nos ensinavam que por detrás daquele pedaço de pano verde com alguns traços e cores diferentes havia um significado muito importante para todos nós.  E nós nos convencíamos da importância da bandeira diante do respeito demonstrados pelos nossos mestres àquele símbolo. Lembro-me do dia em que fui convidado a hastear a Bandeira Nacional pela primeira vez. Foi no ano de 1975. Naquele ano, consegui, não sei como, ser considerado o melhor aluno do Estado do Maranhão. Talvez isso tenha for…

AMAZILO E O DEFUNTO

Ontem, 2 de novembro, comemorou-se o “Dia de Finados”. Percebo claramente a contribuição dada pelos antigos cristãos para a formação das novas palavras de um determinado idioma. No nosso caso, o velho português. Neologismo lexicografada já é indício de que a palavra pode e deve ser inserida nos dicionários. Isso prova que nova palavra foi aceita. Fiz um arrodeio para dizer que a palavra FINADOS vem do FIM. Fim mesmo, visto que os cristãos portugueses acreditavam em Deus até o momento da morte. Depois disso.....bom, o resto é dúvida. O mais provável é que seja realmente o fim. Em se tratando do dia de finados me lembrei de Balsas, e nessas lembranças me veio à cabeça os mortos que deixei por lá, enterrados no Cemitério da avenida Catulo, conhecida antigamente pelo apelido de Praça dos Três “C”, visto concentrar naquela área, em convivência pacífica, o Cabaré, a Cadeia e o Cemitério. Diziam que o camarada aprontava no Cabaré, seria preso na Cadeia pelo Soldado Ribamar Qui-Qui-Qui, morria de…